CURSO - Sobre o luto na escrita
CURSO - Sobre o luto na escrita
Código:
CURSOLUTO
Oficina de escrita com Natália Timerman, Liana Ferraz e Marcela Dantés
R$ 390,00
ADICIONAR

Detalhes

Sobre o luto na escrita 

Oficina com Natália Timerman, Liana Ferraz e Marcela Dantés

Dias 4, 11 e 18 de junho 

Das 19h às 21hs 

online 

 

A morte, e como lidamos com ela, é um tema universal da experiência humana e, consequentemente, da literatura. Natália Timerman, em As pequenas chances; Liana Ferraz, em Um prefácio para Olivia Guerra e Marcela Dantés, em Nem sinal de asas, trouxeram, com diferentes perspectivas, histórias de luto para as suas obras. E é esse o fio condutor da próxima oficina da Amora, que traz as três escritoras com referências, inspirações e exercícios práticos sobre como esse sentimento individual pode se tornar substância para a escrita. 

Natalia Timerman é escritora, médica psiquiatra pela Unifesp, mestre em psicologia e doutoranda em literatura pela USP. É autora de Desterros - histórias de um hospital prisão (Elefante, 2017), de Rachaduras (Quelônio, 2019), contos indicados ao prêmio Jabuti, e dos romances Copo Vazio (Todavia, 2021) e As pequenas chances (Todavia, 2023). Assina uma coluna semanal no UOL. 

 

Liana Ferraz é escritora, atriz e se define como artista da palavra e da voz. Autora de cinco livros, sendo os mais recentes o de poesias Sede de me beber inteira (Editora Planeta, 2022), Um prefácio para Olívia Guerra, seu romance de estreia, publicado pela Harper Collins Brasil (2023) e Poemas de amor no divã (2024). Criadora do Escrita Matinal, prática de escrita criativa coletiva que reúne dezenas de participantes. Doutora em Artes da Cena pela Unicamp e pós-doutora em artes cênicas pela ECA/USP. Professora do Mestrado Profissional em Artes da Cena da Escola Superior de Artes Célia Helena.

Marcela Dantés nasceu em Belo Horizonte. Seu primeiro romance, Nem sinal de asas (2020, Patuá), foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura e do Jabuti. Em 2016, ela foi a autora residente do Festival Literário Internacional de Óbidos (FOLIO), em Portugal, quando escreveu seu segundo romance, João Maria Matilde (2022, Autêntica), também finalista do Prêmio São Paulo de Literatura. Sua coletânea de contos Sobre pessoas normais (2016, Patuá) foi semifinalista do prêmio Oceanos de 2017. Em 2024, lança Vento Vazio pela Companhia das Letras.


Increva-se agora. Vagas limitadas.



 

Carrinho

TOTAL
R$ 0,00
FINALIZAR